Tradução de texto "A hioscina, também conhecida..."

Olá pessoal,
Praticar é forma mais eficaz para se aprender algo, principalmente quando se está aprendendo um idioma. Por isso vamos começar a traduzir pequenos trechos nesta parte do fórum? É um exercício e tanto!
Assim, podemos aprender novas palavras, expressões, diferenças gramaticais entre português e espanhol e também é uma oportunidade para que as correções dos outros amigos do fórum seja ainda mais valorizada ;)
Por isso, começo hoje apresentando um trecho de um texto retirado de um dos livros aqui de casa chamado "Os Botões de Napoleão - Como 17 Moléculas Mudaram a História" (Penny Le Couteur & Jay Burreson)- ótimo para os curiosos que gostam de biologia, história ou mesmo química.

"A hioscina, também conhecida como escopolamina, ganhou uma fama provavelmente imerecida como soro da verdade. Combinada com a morfina, a escopolamina é usada na forma do analgésico conhecido como "sono crepuscular"; o que não está claro, porém, é se, sob seu efeito, balbuciamos a verdade ou simplesmente balbuciamos. Apesar disso, como os escritores de romances policiais sempre gostaram da idéia de um soro da verdade, ela provavelmente continuará a ser mencionada como tal."

Quem começa? ;)

Posto minha tradução mais tarde!

¡Hasta luego amigos!

7 respostas
Está certo que traduzir textos é uma forma de aumentar o vocabulário, mas bem que podíamos começar com um texto mais fácil. ;) Mesmo assim, com a ajuda de alguns sites (Google, Wikipedia etc), consegui traduzir o texto. Não sei se a tradução está correta, se encontrar algum erro, sinta-se livre para corrigir.
"La burundanga, también conocida como escopolamina, ha ganado una fama probablemente inmerecida como suero de la verdad. Combinada con la morfina, la escopolamina es usada en la forma de analgésico conocido como "sueño crepuscular"; lo que no está claro, pero, es si, bajo su efecto, balbuceamos la verdad o simplemente balbuceamos. Sin embargo, como a los escritores de romances policiales siempre les gustó la idea de un suero de la verdad, ella probablemente continuará a ser mencionada como tal."
¡Hasta luego!
Marcelo Henrique B. escreveu:Está certo que traduzir textos é uma forma de aumentar o vocabulário, mas bem que podíamos começar com um texto mais fácil. ;) Mesmo assim, com a ajuda de alguns sites (Google, Wikipedia etc), consegui traduzir o texto. Não sei se a tradução está correta, se encontrar algum erro, sinta-se livre para corrigir.
Yeah, você está certo, na verdade nem pensei na hipótese (clara) que o texto poderia ser difícil. Na próxima vou pegar um mais facinho :D

A tradução do inglês (original) para o espanhol
Hioscina, también conocida como escopolamina, ha ganado una reputación inmerecida, probablemente como suero de la verdad. En combinación con la morfina, la escopolamina es usada como anestésico conocido como "sueño crepuscular", pero si uno balbucea la verdad bajo su efecto o balbucea simplemente no está claro. Sin embargo, los escritores de novelas policíacas siempre me ha gustado la idea de un suero de la verdad, y probablemente seguirá siendo citado como tal.
*Parte em negrito me deixou em dúvida. Usei o tradutor do Google (English-Spanish)
lo que no está claro, pero, es si, bajo su efecto, balbuceamos la verdad o simplemente balbuceamos
(Parece ter mais sentido. Vou dar uma pesquisada nos verbos)

Sin embargo: pesquisar outras possibilidades.

Esse "me" da tradução ficou meio...hum, digamos estranho.

P.S. hioscina (escopolamina) é chamada de "la burundanga" em espanhol. Que nome estranho, ein? :mrgreen:

P.S. Vou postar a tradução original em espanhol (segundo a edição em espanhol do livro) depois de terminar as pesquisas ^^

¡Hasta luego amigos!
Giulia, num sei se é isso que você procura, mas:

Sin embargo = No entanto, entretanto, mesmo assim etc.

Lendo o texto em português, acho que a expressão "sin embargo" pode(ria) ser empregada para traduzir o "apesar disso" e as expressões citadas acima.

Se eu estiver errado, por favor, me corrijam.

¡Abrazo! ¡Hasta luego!
Flw! Paz ai!
Marcelo, sobre a frase:

ella probablemente continuará a ser mencionada como tal

Cuidado! Os pronomes pessoais de 3a pessoa, no espanhol, só são usados pra pessoa, exceto em alguns casos extremos (que eu não vou saber te dizer direito, em todo caso, evite-os quando não é pra pessoa).
Então tu nunca pode falar de coisas abstratas e se refirir a "ella" ou "él". Tem que dar um jeito de fazer a frase de outra forma.
luisacortazar escreveu: Cuidado! Os pronomes pessoais de 3a pessoa, no espanhol, só são usados pra pessoa, exceto em alguns casos extremos (que eu não vou saber te dizer direito, em todo caso, evite-os quando não é pra pessoa).
Então tu nunca pode falar de coisas abstratas e se refirir a "ella" ou "él". Tem que dar um jeito de fazer a frase de outra forma.
Boa observação, Luis, gracias!

Essa parte gramatical do Espanhol é muito confusa, precisamos discutir mais sobre pronomes e verbos! ;)
Giulia escreveu:*Parte em negrito me deixou em dúvida. Usei o tradutor do Google (English-Spanish)
Pensei que não gostasse do tradutor do Google. ;)
Giulia escreveu:lo que no está claro, pero, es si, bajo su efecto, balbuceamos la verdad o simplemente balbuceamos
(Parece ter mais sentido. Vou dar uma pesquisada nos verbos)
Acho que também poderia ser: pero si balbuceamos la verdad bajo su efecto o simplemente balbuceamos no está claro.
Giulia escreveu:Sin embargo: pesquisar outras possibilidades.
Também poderia ser: A pesar de eso.
Giulia escreveu:Esse "me" da tradução ficou meio...hum, digamos estranho.
Com o me, a frase ficaria como se fosse o escritor da frase quem gosta da ideia de um soro da verdade. Acho que ficaria melhor:

Como a los escritores de romances (novelas) policiales (policíacas) siempre les gustó...
Como a los escritores de romances (novelas) policiales (policíacas) siempre les ha gustado...
Giulia escreveu:P.S. hioscina (escopolamina) é chamada de "la burundanga" em espanhol. Que nome estranho, ein? :mrgreen:
Foi o que eu encontrei na Wikipedia. Se você acessar os enlaces externos que aparecem no fim da página, você notará que estas páginas também usam o termo.
luisacortazar escreveu:Cuidado! Os pronomes pessoais de 3a pessoa, no espanhol, só são usados pra pessoa, exceto em alguns casos extremos (que eu não vou saber te dizer direito, em todo caso, evite-os quando não é pra pessoa).
Então tu nunca pode falar de coisas abstratas e se refirir a "ella" ou "él". Tem que dar um jeito de fazer a frase de outra forma.
E eu que pensei que isso era só no inglês... :( Obrigado por avisar.

¡Hasta luego!
Marcelo Henrique B. escreveu:
Giulia escreveu:*Parte em negrito me deixou em dúvida. Usei o tradutor do Google (English-Spanish)
Pensei que não gostasse do tradutor do Google. ;)
Nada contra o tradutor LOL.. eu só não confio nele^^
Heheh+ as vezes precisamos tentar de tudo quando estamos pesquisando :D

C-ya!