Qual é o radical do verbo conduzir?

Gonçalo Borges
"Qual é o radical do verbo conduzir?
Qual é a vogal temática?
Qual é a desinência do infinitivo?"

Bom dia a todos,

A minha dúvida vai para além do título. Deixem-me dar o contexto: Eu estou a fazer um trabalho sobre verbos irregulares. E deparei-me com estas 3 informações que se contradizem (ou pelo menos acho que sim):

1ª Informação: Definição (Prontuário da Porto Editora)
"O verbo regular é aquele que se flexiona de acordo com o paradigma da sua conjugação e cujo radical se mantém inalterável, como é o caso de lavar, acender, admitir. O verbo irregular é o que se afasta desse paradigma e cujo radical sofre alguma alteração ao longo da conjugação. Exemplos de verbos irregulares são: dar, crer, acudir."

2ª Informação: caso particular
"Todas as formas dos verbos terminados em uzir são regulares (3ª conjugação), à exceção da terceira pessoa do singular do presente do indicativo e da segunda pessoa do singular do imperativo"

3ª Informação: conjugação do verbo conduzir
http://www.priberam.pt/dlpo/Conjugar.aspx?pal=conduzir

Afinal, conduzir é um verbo regular ou irregular?

Cumprimentos,
Gonçalo Borges
6 respostas
Ordenar por: Data

Jlmmelo 4170 1 120
Gonçalo Borges,

Conduzir é um verbo regular.

Conduz-: radical

i: vogal temática

R: desinência (ou terminação) do infinitivo.

Este conjugador destaca em cor de laranja os radicais dos verbos regulares.

Jlmmelo 4170 1 120
Complementando:
2ª Informação: caso particular
"Todas as formas dos verbos terminados em uzir são regulares (3ª conjugação), à exceção da terceira pessoa do singular do presente do indicativo e da segunda pessoa do singular do imperativo".
Não entendi essa sua 2ª informação, pois se os radicais são todos iguais (destacados pela cor no conjugador que citei anteriormente) então os verbos são regulares. Essas exceções citadas, que eu saiba, não existem para os verbos regulares.

Veja o que diz a Gramática.net

"6. Verbos terminados em -uzir
Os verbos assim terminados, como aduzir, conduzir, deduzir, induzir, introduzir, luzir, produzir, reduzir, reluzir, traduzir, etc., não apresentam a vogal -e na 3ª pessoa do singular do presente do indicativo: (ele) aduz, conduz, deduz, induz, introduz, luz, etc."

Gonçalo Borges
Obrigado pelas explicações. Mas ainda assim não fiquei totalmente esclarecido.
Outra questão:

O verbo dar é irregular? Porquê?
Qual é o seu radical?

Cumprimentos,
Gonçalo Borges

Jlmmelo 4170 1 120
A "nossa" gramática é a de Portugal e muito anterior ao descobrimento do Brasil, por isso ela é complicada para os brasileiros...

O verbo ´dar´ conjuga-se como um verbo regular (radical e desinência/terminação igual aos regulares) no:

Pretérito Imperfeito do Indicativo: eu dava, tu davas, ele dava, nós dávamos, vós dáveis, eles davam. (radical: dav-)

Futuro do Presente do Indicativo: eu darei, tu darás, ele dará, nós daremos, vós dareis, eles darão. (radical: dar-)

Futuro do Pretérito do Indicativo: eu daria, tu darias, ele daria, nós daríamos, vós daríes, eles dariam. (radical: dar- )

Nas demais conjugações, o radical e/ou a desinência (terminação) é diferente do padrão dos verbos regulares da 1ª conjugação. Por isso ele é um verbo irregular. Mesmo que tivesse todos os radicais iguais (dar-), mas as terminações (desinências) variáveis, também seria considerado irregular de qualquer modo.

Conclui-se então que o verbo ´dar´ é irregular porque tem vários radicais e várias desinências (terminações) diferentes (que fogem do padrão dos verbos regulares).

Na InfoEscola você encontra uma boa aula sobre os verbos irregulares.

Jlmmelo 4170 1 120
Sobre o verbo conduzir, que você disse que não entendeu, eis o que diz o JurisWay:

"Vogal Temática é a parte que indica a conjugação a que os verbos pertencem, constituída pela vogal que aparece depois do radical:

-a- indica a 1ª conjugação: pular, solar, deixar, perdoar.
-e- indica a 2ª conjugação: fazer, esquecer, sofrer, viver.
-i- indica a 3ª conjugação: permitir, assistir, decidir.

O verbo pôr e seus derivados (supor, depor, repor, compor, etc) pertencem à segunda conjugação, pois sua vogal temática é -e-, obtida de forma portuguesa arcaica poer, do latim ponere.
Dá-se o nome de Tema ao conjunto formado pelo radical e pela vogal temática".


Voltando à análise do verbo regular ´CONDUZIR´: o radical é conduz-, a vogal temática é -i- (da 3ª conjugação) e a desinência/terminação depois do radical do infinitivo, (o infinitivo é ´conduzir´), é ir.

Gonçalo Borges
Então será que posso concluir que o verbo "conduzir" é irregular?

Repare neste Website http://www.conjuga-me.net/verbo-conduzir Acontece que ele destaca a vermelho as formas verbais não regulares e ao que parece mesmo nestas formas a vermelho o radical "conduz" mantém-se.

Mais uma pergunta: afinal qual é o radical do verbo dar? É que se a definição de verbo regular for apenas "verbos que mantém o radical" o verbo "dar" é também regular pois, pelo meu pouco conhecimento, o radical de "dar" é apenas e só "d".

Cumprimentos,
Gonçalo Borges