Por que na expressão malmequer não se utiliza hífen?

Em bem-me-quer utiliza-se o hífen, pois se trata de uma espécie de planta. Por que na expressão malmequer não se utiliza hífen?
1 resposta
  Resposta mais votada
1 129
Dayane Arruda, malmequer se escreve sem o hífen porque a palavra seguinte ao prefixo mal* não começa por vogal, h ou L.

Vou alongar o assunto sobre as regras do hífen, destacando os itens sobre esta palavra, para ver como a "nossa" grámatica de Portugal é complicada e contraditória, se não prestarmos atenção, pois esta regra sobre o prefixo mal* é a última, no final da 3ª página que trata sobre esse assunto.

(Malmequer e bem-me-quer são o nome da mesma erva [planta] e sempre foram escritas desta maneira e vão continuar com o N.A.O.)

Eis o que diz o Novo Acordo Ortográfico sobre as regras do uso do hífen com compostos:

Item 1
* Exceções: Não se usa o hífen em certas palavras que perderam a noção de composição, como girassol, madressilva, etc.

Item 6
6. Usa-se o hífen nos compostos que designam espécies animais e botânicas (nomes de plantas, flores, frutos, raízes, sementes), tenham ou não elementos de ligação.

Outros casos do uso do hífen
2. Com mal*, usa-se o hífen quando a palavra seguinte começar por vogal, h ou l.
Exemplos: mal-entendido, mal-estar, mal-limpo
* Quando mal significa doença, usa-se o hífen se não houver elemento de ligação. Exemplo: mal-francês. Se houver elemento de ligação, escreve-se sem o hífen. Exemplos: mal de lázaro, mal de sete dias.

Obs.: O Acordo Ortográfico está em período de transição desde 2009 e vai entrar obrigatóriamente em vigor em 2016.

Veja também a TABELA DO HÍFEN