Exercício sobre sujeito indeterminado

Onde está o sujeito indeterminado na tirinha abaixo, e porquê?

- Olha Haroldo! Tem um esquilinho no chão!
- ele está vivo?
- acho que sim. Mas está machucado. Ele mal consegue respirar.
- Se está machucado, é melhor não mexer.
- É, você fica aqui e cuida dele.Eu vou chamar a minha mãe.
- Espero que ela possa ajudar.
- Claro que pode! Eles não deixam você ser mãe se não souber consertar tudo.

Li e reli essa tirinha inúmeras vezes e não consegui identificar o sujeito indeterminado. Se puderem me ajudar eu agradeceria muito.
2 respostas
Você deve estar confundindo os conceitos. Entenda a diferença entre "sujeito determinado implicito", "sujeito indeterminado" e oração "sem sujeito". Nessa tirinha, há casos de sujeito determinado implícito e de sujeito indeterminado. Não há nenhum caso de oração sem sujeito. Vamos lá:

O que você está procurando está aqui:
"Claro que pode! Eles não deixam você ser mãe se não souber consertar tudo".
A primeira oração simples "Claro que pode!" é um caso de sujeito determinado IMPLÍCITO, no caso, "ela", "minha mãe".
Já na oração composta "Eles não deixam você ser mãe se não souber consertar" mais especificamente na oração coordenada assindética "Eles não deixam você ser mãe" o sujeito Eles é o INDETERMINADO que você está procurando.

Quer uma regra legal?
Sujeito Indeterminado: 3ª pessoa do plural não especificado no contexto OU 3ª pessoa do singular + reflexivo "se".
Sujeito implícito: As outras pessoas (ou a 3ª sem reflexivo), quando não há especificação de quem conjuga o verbo.
Sem sujeito: Verbo existir (e sinônimos), fazer/haver no sentido de tempo transcorrido e fenômenos naturais.
Ajude-me, Leonardo, por favor. Você disse que o sujeito está indeterminado quando o verbo, em 3ª pessoa do plural, não está especificado no contexto, certo? "Eles" não é um sujeito? Isso significa que "não sei quem são eles", o sujeito está indeterminado?
Obrigada pela atenção.