El uso de porqué, porque, por qué y por que

Em português, existem 4 "porquês" (por que, porque, por quê e porquê).
Em espanhol, também existem 4 "porquês" (por que, porque, por qué e porqué).

O uso dos "porquês" parece ser o mesmo nos dois idiomas, mas em espanhol, há uma pequena diferença no uso de dois destes "porquês". Veja abaixo, quando se usa cada forma:

Porqué é um substantivo (el porqué, quer dizer, a causa, o motivo) e sempre vai precedido do artigo el ou de outro determinante (su, este, otro...). Admite plural: los porqués.
Exemplo: No explica nunca el porqué de sus decisiones.

Porque é uma conjunção: introduz uma oração subordinada que explica a causa de outra principal. Também pode ser usado em respostas.
Exemplo: Lo he entendido porque me lo has explicado muy bien.

Por qué só se usa em orações interrogativas, diretas e indiretas. Por é preposição e qué é um pronome interrogativo.
Exemplos: ¿Por qué no has venido a la fiesta? (Interrogativa direta)
No sé por qué se ha portado tan mal. (Interrogativa indireta)

Por que é formado pela preposição por e pelo pronome relativo que. Pode substituir el cual, la cual (pelo qual, pela qual).
Exemplo: Fueron varios los delitos por que fue juzgado.

Fonte: http://www.edu365.cat/eso/muds/castella ... /eines.htm
Colabore