É possível aprender espanhol como o português?

Olá.

Quando aprendemos a escrever e a ler em português, começamos pelas vogais, consoantes, sílabas e enfim a formação dessas sílabas. Com isso, mesmo que não conheçamos o significado de uma palavra, consegui escrevê-la quando alguém a pronuncia.

Minha pergunta é: isso também existe no espanhol?


Isso ja facilitaria, na minha opinião, 50% do aprendizado em espanhol
Olá, faeljs.
O idioma espanhol possui um fonema (som) para cada letra, com exceção das letras V e B que são pronunciadas ambas igualmente como nos seguintes exemplos:

* vida: pronuncia-se bida
* vaca: pronuncia-se baca
* saber: pronuncia-se saber
* bonito: pronuncia-se bonito

Há ainda as variações linguísticas que diferente de um país para o outro, mas isso deixo de lado para não complicar o tema.
Concluindo, penso que nesse aspecto, espanhol seja mais fácil de se aprender do que a língua portuguesa, pois em nosso idioma não escrevemos as palavras como as pronunciamos.

Obs.: não utilizei o alfabeto fonético para facilitar o entendimento.
Tiago Augusto Duart escreveu:Olá, faeljs.
O idioma espanhol possui um fonema (som) para cada letra, com exceção das letras V e B que são pronunciadas ambas igualmente como nos seguintes exemplos:

* vida: pronuncia-se bida
* vaca: pronuncia-se baca
* saber: pronuncia-se saber
* bonito: pronuncia-se bonito

Há ainda as variações linguísticas que diferente de um país para o outro, mas isso deixo de lado para não complicar o tema.
Concluindo, penso que nesse aspecto, espanhol seja mais fácil de se aprender do que a língua portuguesa, pois em nosso idioma não escrevemos as palavras como as pronunciamos.

Obs.: não utilizei o alfabeto fonético para facilitar o entendimento.


Não entendi bem a última parte. Um idioma é mais fácil quando a pronúncia e a escrita são alinhadas, o que, por exemplo, não ocorre no inglês. O português é mais fácil, nesse sentido, porque a pronúncia e a escrita são relativamente parecidas (regionalismos à parte, lógico, como 'leiti', por exemplo, aqui em SP Capital). Do pouco que conheço o espanhol, me parece que é assim também. Mas mesmo que não seja, qual seria a vantagem, ou facilidade, de aprender um idioma em que não se escreve as palavras como se pronuncia?