Curso de alemão: largar ou não?

Nathalia Paula
Pessoal,

Postei esse tópico a fim de buscar algumas opiniões aos estudantes da língua alemã sobre meu caso. Faço alemão há 1 ano e pouco com um professor austríaco, tendo 2 horas de aulas semanais. O fato é que, há pouco tempo venho questionando sua metodologia de ensino e hoje estou na dúvida se saio do curso ou não.

Estudo nessas aulas com mais 4 pessoas e, mesmo cursando há mais de 1 ano, mal sabemos formar frases e nos comunicar. Não sabemos se ou a língua é extremamente difícil ou seria seu modo de dar aula.

Seguimos o livro Themen 1 (Kursbuch + Arbeitsbuch) a risca, isto é, fazemos TODAS as atividades a partir dele, sem muita dinâmica durante as aulas tornando-a as mesmas pouco produtivas às vezes. Perdemos quase a metade da aula corrigindo lição (cuja mesma resposta está no gabarito do livro) e algumas atividades que poderiam ser realizadas em casa são feitas em aula. Além disso, o professor foca muito na gramática, passando regras e exceções enormes, não nos dando muita chance e nem tempo de aplicá-las. Em suma, esse curso me parece estar lento demais.

Por isso vim aqui pedir uma opinião para vocês. O processo de aprendizagem do idioma é tão lento assim? Por exemplo, aprendemos passado agora e estamos de fato construindo frases agora! Vou para o Ciências Sem Fronteiras ano que vem e preciso focar na aprendizagem! Mesmo assim, não sei se largo para continuar os estudos sozinha (no alemão é possível?) ou continuo no curso. Eu realmente perdi a paciência com a dinâmica dada no mesmo. .-.

Preciso de uma opinião de vocês!

Agradeço de montão!
1 resposta

Ancrispa 70 4
Oi Nathalia,

È possível sim aprender alemão sozinha.

Já ouviu falar do curso globo de idiomas? Eu comecei a estudar alemão sozinha com ele, e estou gostando muito.


Sempre achei o alemão uma língua muito difícil, mas agora depois de terminar a primeira lição do curso, percebi que é possível sim aprender alemão sozinha. Para você será mais fácil, pois já tem uma base no idioma.

Vá em frente! Não desista não! Boa sorte nos estudos!

Ana